Riscos Laura e batata

O vento soprou e grão de areia levou
No olho entrou um cisco
no caderno nenhum rabisco

Carreguei uma lata pela floresta de prata
Chuva de linhas

Riscos pela rua por aí

Riscos caminhando até o fim

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: